Ambientes e Pedagogias Emergentes em Educação

This WordPress.com site is the cat’s pajamas

OLDS MOOC

OLDS MOOC

OLDS MOOC – “Learning Design for a 21st Century Curriculum”

10 de Janeiro a 13 de Março

O MOOC (Massive Open Online Course) “Learning Design for a 21st Century Curriculum”, que irá decorrer entre 10 de Janeiro e 13 de Março de 2013, é um curso grátis, aberto (requer apenas a inscrição dos participantes) e decorre online. Mas, é acima de tudo um curso massivo, destinado a massas, o que neste caso corresponde a várias centenas de participantes, de inúmeras nacionalidades e diferentes contextos profissionais, embora com interesses comuns ligados à educação e, em particular, ao desenho curricular e ao desenho da aprendizagem.

O curso é financiado pelo JISC como parte de um programa de realização de benefícios e baseia-se no sucesso do projecto Open University Learning Design Initiative (OULDI) e noutros projectos de design curricular igualmente financiados pelo JISC.

A estrutura proposta pelos autores para este MOOC assenta essencialmente na realização de um projecto de investigação tendo por base o design da aprendizagem.

O MOOC desenvolve-se nos seguintes espaços:

Website: http://www.olds.ac.uk/

Lista de anúncios do curso: https://groups.google.com/forum/?fromgroups=#!forum/olds-mooc

Forum de discussão aberta: https://groups.google.com/forum/?fromgroups=#!forum/olds-mooc-open

Facebook : http://www.facebook.com/olds.mooc

Twitter: https://twitter.com/oldsmooc

Google+: https://plus.google.com/105396153319170181269/posts#105396153319170181269/posts

Cloudworks: http://cloudworks.ac.uk/cloud/cloud_list

Cloudscape: http://cloudworks.ac.uk/cloudscape/cloudscape_list

Bibliografia e Bookmarking do curso: http://www.bibsonomy.org/tag/oldsmooc

Slideshare: http://www.slideshare.net/OLDSMOOC

Youtube: http://www.youtube.com/user/oldsmooc

Scoop.it: http://www.scoop.it/t/olds-mooc

Calendário de tópicos e actividades: http://www.olds.ac.uk/the-course

Sessão de lançamento

No dia 7 de janeiro de 2013 foi realizada uma sessão de lançamento online que pôde ser acompanhada através de Webcast, no YouTube ou através do Cloudworks.

A sessão de lançamento ficou marcada pelas dificuldades de acesso e pelos problemas associados a questões tecnológicas. De acordo com os responsáveis do curso cerca de 1000 participantes tentaram seguir a sessão inaugural através dos diversos canais disponíveis, verificando-se que apenas 400 conseguiram efectivamente acompanhar a sessão sem problemas. Os responsáveis admitiram que não estavam a contar com um número tão elevado de participações e tentativas de acesso que acabaram por levar aos problemas técnicos que já estão em análise para evitar que se repitam em sessões futuras. Para quem, tal como eu, não conseguiu acompanhar a transmissão em directo poderá visualizar a gravação da sessão de lançamento em http://podcast.open.ac.uk/feeds/iet-public/20130108T101305_OLDSMOOC.m4v .

Semana 1 – 10 a 16 de Janeiro – Iniciar

Na primeira semana os participantes vão ter oportunidade de se dar a conhecer e procurar conhecer os participantes (pelo menos alguns já que todos será difícil). Nesta semana inicial debatem-se as primeiras definições e ideias sobre  o Learning Design e assinalam-se as diferenças perante o Curriculum Design, Instructional Design e Educational Design, bem como, os desafios colocados à aprendizagem no século 21. Pretende-se igualmente a criação de grupos de trabalho e a identificação de projectos a desenvolver ao longo das semanas.

Para a 1ª semana do OLDS MOOC foram definidos os seguintes resultados de aprendizagem:

  • Explorar uma variedade de definições sobre o desenho da aprendizagem (learning design);
  • Iniciar um projecto próprio de design de aprendizagem/currículo;
  • Definir learning design como um campo de pesquisa e uma prática;
  • Identificar alguns dos grandes desafios da utilização de uma abordagem de learning design para o desenho da aprendizagem no século 21;
  • Identificar temas específicos de interesse para exploração posterior.

Actividades a desenvolver:

  • Visualizar o vídeo introdutório do MOOC: http://www.youtube.com/watch?v=Gc9u91y0RJ0;
  • Fazer uma breve apresentação pessoal no espaço aberto de discussão referindo quais as expectativas para o MOOC;
  • Criar um portefólio onde serão colocados todos os trabalhos realizados ao longo do MOOC;
  • Criar um “Learning Journal” no Cloudworks para registar o percurso ao longo do MOOC;
  • Visualizar o Prezi sobre learning design: http://prezi.com/b44jwdgvs8nl/olds-mooc-introduction/ e participar no tópico lançado no fórum de discussão;
  • Colocar o sonho sobre o projecto a desenvolver no Dreambazaar através da criação de uma nuvem com a proposta de projecto. Está disponível um template para a nuvem a criar;
  • Formar uma equipa de trabalho (desejavelmente em equipa mas poderá ser feito individualmente) em torno do projecto a desenvolver;
  • Criar um espaço de grupo para o desenvolvimento do projecto de learning design;
  • Participar no brainstorm sobre learning design, através da edição do mindmap e da participação no tópico de discussão no fórum;
  • Assistir à sessão aberta de Hangout dedicada à discussão e reflexão sobre a 1ª semana do MOOC (convergir) na qual todos os participantes poderão colocar questões para discussão através do fórum ou do Twitter (#oldsmooc_conv). O vídeo do Hangout está disponível em http://youtu.be/Sj_N1jMD7hQ;
  • Elaborar uma breve reflexão no Learning Journal sobre a 1ª semana do MOOC referindo os objectivos definidos, os progressos alcançados e os próximos passos. Partilhar a reflexão no “reflect” cloudscape e solicitar o badge relativo à 1ª semana.

Reflexão sobre a 1ª semana

Confesso que este não é o meu primeiro MOOC, já que em Setembro de 2012 estive inscrito no MobiMOOC 2012. A minha participação nesse MOOC foi totalmente periférica tendo-me limitado a observar o desenrolar das actividades, as discussões e partilha de recursos dos restantes participantes. Esta postura de perfeito “lurker”, ou seja, de participante passivo é bem mais confortável já que o curso vai-se desenrolando e basta ir assinalando os contributos e recursos partilhados mais interessantes para que, mais tarde não sabendo exactamente quando, se possa voltar e revisitar o essencial.
Desta vez, e apesar de termos sido “empurrados” (no bom sentido) para este MOOC, pretendia ser um participante activo, nas actividades e nas discussões.
Procurei acompanhar as actividades ao longo desta 1ª semana e ao início ainda consegui fazê-lo. Tentei acompanhar as muitas actividades propostas, os fóruns, a bibliografia disponibilizada, os recursos que outros participantes produziam ou recomendavam, mas simplesmente, é demasiado conteúdo e processa-se demasiado depressa. Senti-me completamente esmagado pela quantidade de informação e pelas solicitações constantes a que se tem que dar resposta, o que dá a sensação de ter sido apanhado por uma avalanche e estar soterrado na neve…
snowed_under
A diversidade de espaços em que o curso se desenrola torna difícil o seu acompanhamento já que existem sempre participações e discussões em curso nos vários espaços, o que acentua o sentimento de desorientação para quem só consegue acompanhar o curso ao final do dia, em determinados dias.
Quando me deparei com a necessidade de identificar um projecto que será desenvolvido ao longo do curso percebi que tinha um problema aparentemente incontornável: não tinha ideia nenhuma para um projecto a desenvolver e não me consigo inserir num dos grupos criados, pela falta de afinidade que supostamente devemos ter com o projecto proposto, e participar. Confesso que foi um balde de água fria, à medida que o tempo passava e percebi que não conseguia progredir nas actividades propostas. Era a sensação de que estava a perder o comboio e que, a cada dia que passava, este já estaria demasiado longe para conseguir voltar a apanhá-lo.
Posto isto, decidi seguir o meu percurso. Um percurso paralelo ao que está definido, procurando aquilo que me interessa nesta experiência, ou seja, viver a experiência da participação mas sem a ansiedade e a pressão constante de ter que ler este documento, ver aquela apresentação, ir ao sítio X colocar um comentário, editar o diagrama Y e assistir ao vídeo Z…
Curiosamente os autores e dinamizadores do MOOC referem que este curso tem um design centrado no aluno, contudo estruturaram este mesmo curso de uma forma rígida, totalmente prescritivo e regulador na estrutura, no calendário, nas actividades e até na forma de interacção entre os participantes. Por outro lado, as actividades são sequenciais dado que devemos estar a trabalhar sobre um mesmo projecto nas diversas etapas, pelo que estou curioso em saber como é que alguém consegue “entrar” no MOOC só por uma semana ou outra que lhe interesse, tal como anunciado pelos autores. Neste formato o MOOC não é decididamente para todos…
Será este o modelo futuro a que iremos assistir nos MOOC? É este o caminho para o reconhecimento da educação não formal neste contexto? A obtenção dos badges que começam a suscitar o interesse dos participantes e a  condicionar a sua participação não estarão prestes a desvirtuar o conceito dos próprios MOOC? Aguardemos pela próximas semanas…

Semana 2 – 17 a 23 de Janeiro – Inquirir

Hoje teve ínicio a 2ª semana do OLDS MOOC

Para esta semana foram definidos os seguintes resultados de aprendizagem:

  • Avaliar e rever o entendimento sobre o contexto do aluno e a sua relevância para o desenho da aprendizagem;
  • Aumentar o conhecimento de abordagens para learning design;
  • Avaliar a relevância das abordagens contextuais para a própria prática de learning design;
  • Planear futuras aprendizagens sobre abordagens contextuais.

Actividades a desenvolver:

Reflexão sobre a 2ª semana

A 2ª semana do MOOC foi dedicada à análise do contexto do aluno e do seu impacto no learning design. Os participantes foram desafiados a contextualizar os seus projectos seguindo basicamente dois modelos que, no fundo, se sobrepõem:  Personas & Force Maps e Ecology of Resources. Mais uma vez, revelou-se uma semana com uma carga de trabalho muito considerável e difícil de acompanhar atendendo à diversidade de modelos e matrizes apresentados. Embora as diferentes abordagens se tenham revelado interessantes para a discussão e exploração do contexto que enforma o processo de learning design de um qualquer projecto, verificou-se que os participantes andaram um pouco perdidos entre os dois modelos na tentativa de perceberem qual é que se adaptaria melhor ao seu projecto.
Foi interessante ter acesso ao processo de design do próprio MOOC, através dos vídeos disponibilizados, colocando em evidência a utilização por parte da equipa responsável por este projecto dos modelos de avaliação do contexto dos potenciais destinatários do MOOC no intuito de perceberem as implicações desses mesmo contextos, certamente muito diversificados, embora com um interesse comum em torno do learning design.
Ao longo desta semana acompanhei o desenvolvimento de dois projectos:
  1. Um projecto sobre a construção de um ambiente colaborativo de simulação através do wordpress, que contempla como protótipo a construção de uma simulação que tem como cenário uma situação de cheias, tema com inevitável interesse profissional para mim;
  2. O projecto desenvolvido pela colega Ida Brandão sobre um módulo de formação para professores sobre recursos educativos abertos.
Nesta semana a discussão dos participantes incidiu essencialmente sobre aspectos mais relacionados com o tema que estava a ser abordado, deixando de lado os assuntos da semana anterior relacionados com as questões tecnológicas e do próprio MOOC. Apesar dos constrangimentos verificados, associados à intensidade da agenda, os participantes continuaram a interagir, comunicar e a discutir sobre os temas e a partilhar os seus projectos.  Começa a esboçar-se a ideia de que este MOOC irá perdurar muito para além do calendário oficial e que os participantes irão voltar e explorar com mais tempo os recursos e os contributos que têm sido registados.
Por último, gostaria de destacar o envio dos sumários “The OLDS MOOC Daily” que foram remetidos diariamente pelos Professores que dinamizaram esta semana e que resumiram a actividade diária mais relevante, destacando a participação e os trabalhos de alguns dos participantes, constituindo um contributo muito interessante para quem pretende acompanhar as actividades.

Semana 3 – 24 a 30 de Janeiro – Idealizar

2447

Hoje teve ínicio a 3ª semana do OLDS MOOC para a qual foram definidos os seguintes resultados de aprendizagem:

  • Conceptualizar o processo de learning design a partir de diferentes perspectivas;
  • Aplicar alguns recursos, ferramentas e métodos de learning design ao projecto;
  • Rever, partilhar e discutir os alicerces teóricos, benefícios e limitações das representações de design em contextos educativos;
  • Criticar um conjunto de abordagens pedagógicas e o papel desempenhado pelas diferentes tecnologias;
  • Desenvolver um storyboard inovador, actividades de aprendizagem e uma estrutura para implementação.

Actividades a desenvolver:

Reflexão sobre a 3ª semana

Esta semana do MOOC foi dedicada à abordagem e exploração de ferramentas e recursos que permitem a representação textual e visual do design do currículo de um curso, o que transmite uma primeira ideia sobre o modo como o projecto que os participantes têm vindo a desenvolver se vai desenrolar na prática. Existem obviamente muitas formas de representação e muitas ferramentas que permitem o design de um curso ou experiência de aprendizagem, sob diferentes perspectivas e focando alguns aspectos particulares em detrimento de outros, pelo que o objectivo para esta semana passou também pela partilha de conceitos e, sobretudo, de práticas ligadas à utilização dessas ferramentas no processo de design. Apesar de existirem múltiplas ferramentas que podem ser utilizadas para o design o foco mantém-se no que os alunos devem aprender e como devem aprender. No final pretendia-se que cada participante construísse a sua “caixa de ferramentas” a partir da avaliação das experiências e dos contactos que teve com cada ferramenta.
De referir que, à semelhança da semana anterior, os responsáveis pelo curso fizeram questão de demonstrar a aplicação e exploração de algumas das ferramentas propostas ao design do próprio MOOC, através de alguns vídeos disponibilizados sobre o trabalho preparatório das equipas, confirmando desse modo a sua aplicabilidade prática a um curso desta natureza.
Dos projectos que eu estava a seguir apenas se mantém o da colega Ida dado que o outro projecto aparentemente está inactivo, o que me deixa de certo modo desapontado dado que abordava uma temática que poderia ter aplicação directa na minha actividade enquanto formador na área da protecção e socorro. Do trabalho da colega Ida destaco o Wiki e o storyboard.
Nesta semana era possível aos participantes obterem um badge de 3 semanas e um badge de coleccionador de recursos. Apesar de muitos participantes terem admitido na 1ª semana que a questão dos badges era acessória, creio que ainda assim tem algum peso motivacional nos participantes que continuam activos no MOOC. Alguns dos participantes referem nos seus comentários que os badges representa o seu envolvimento nas actividades e o reconhecimento pelo trabalho realizado, existindo mesmo alguns comentários sobre a importância do badge para efeitos curriculares.

Semana 4 – 31 de Janeiro a 06 de Fevereiro – Conectar

Week4_photo

Hoje teve ínicio a 4ª semana do OLDS MOOC com o seguinte objectivo de aprendizagem:

  • Desenvolver conhecimentos sobre os princípios do design pedagógico.

Actividades a desenvolver:

Reflexão sobre a 4ª semana

Na semana anterior foram abordadas e exploradas um conjunto de ferramentas para o design de cursos que permitem assinalar basicamente o que os alunos devem aprender. Esta semana incidiu sobre aspectos mais particulares do design de um curso, que descrevem o modo como os alunos devem aprender, nomeadamente descrições mais detalhadas das actividades a desenvolver pelos alunos e professores ao longo de um curso, que no fundo, constituem as preocupações de qualquer professor enquanto designer.

No decurso desta semana foi abordada a etapa do “conectar” no processo de design, em que o professor é encarado como um designer que está ligado a outros professores, com as quais partilha o seu trabalho e que colaboram na construção desse trabalho, numa abordagem colaborativa para a aprendizagem dos professores. Nessa perspectiva, os participantes foram desafiados a “construir sobre o trabalho de outros” através da apresentação de uma ferramenta que permite aos professores editar, adaptar e melhorar os modelos pedagógicos construídos  por outros professores.

Ao longo desta semana continuei a acompanhar o trabalho desenvolvido pela colega Ida, do qual destaco o Wiki, bem como, alguns dos projectos que se mantém activos ainda nesta fase do MOOC.

Destaco novamente a importância dos sumários realizados pelos moderadores desta semana que sintetizaram diariamente as actividades que foram sendo desenvolvidas e deram ênfase a alguns dos trabalhos e projectos dos participantes.

Semana 5 – 07 a 13 de Fevereiro – Protótipo

Prototype

Hoje teve ínicio a 5ª semana do OLDS MOOC com o seguinte objectivo de aprendizagem:

  • Projectar, construir e testar um protótipo simples para um projecto de aprendizagem.

Actividades a desenvolver:

  • Visualizar o vídeo de introdução da 5ª semana: http://youtu.be/2vBb5CxGDuM;
  • Ler o artigo de Anderson e Shattuck, observando em particular a secção sobre design iterativo;
  • Realizar as actividades de construção de protótipos sugeridas;
  • Testar algumas das ferramentas de construção de protótipos propostas;
  • Criar um caixa de ferramentas para protótipos;
  • Preparar um protótipo e partilhar na Sharing and Discussion Cloudscape;
  • Planear e avaliar uma ferramenta de construção de protótipos;
  • Planear e levar a cabo uma observação;
  • Assistir à sessão aberta de Hangout dedicada à discussão e reflexão sobre a 5ª semana do MOOC (protótipo) na qual todos os participantes poderão colocar questões para discussão através do fórum ou do Twitter (#oldsmooc_conv). O vídeo do Hangout está disponível em ;
  • Elaborar uma breve reflexão no Learning Journal sobre a 5ª semana do MOOC referindo os objectivos definidos, os progressos alcançados e os próximos passos. Solicitar o badge relativo à 5ª semana.

Reflexão sobre a 5ª semana

Esta semana fica marcada pela transição da teoria para a prática, em que os participantes ensaiaram os protótipos dos seus projectos e depararam-se com o resultado prático do trabalho realizado nas semanas anteriores. No fundo, tratou-se de ensaiar os projectos e ver como as coisas correram para introduzir alterações e melhorias no próprio design desses projectos. Na fase da conceptualização é difícil contemplar todos os aspectos e muitas vezes só quando se passa para a fase experimental é que nos apercebemos das falhas ou dos aspectos menos conseguidos do projecto.

Os sumários continuaram a marcar a semana pela positiva, embora mais sintéticos do que o habitual, até porque as equipas de moderadores vão mudando e é difícil manter o mesmo estilo de participação e a capacidade de resumo.

Vou procurar acompanhar o MOOC até ao final na expectativa de verificar qual o resultado final de alguns dos projectos que fui seguindo. Para além disso a qualidade do curso e da equipa organizadora justifica a ligação até ao final.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s